Tamanho da letra A+ A-
 

FSA inicia XV Encontro Pedagógico com palestra do prof. Dr. Marcos Mazetto


A Faculdade Santo Agostinho iniciou na noite desta segunda-feira, 26 de janeiro, o XV Encontro Pedagógico com o tema “Os Desafios do Professor do Século XXI: caminhos para o aperfeiçoamento e enriquecimento da ação docente”. O evento faz parte do projeto de formação continuada do seu corpo docente e reuniu professores, coordenadores e membros do Núcleo de Apoio pedagógico para assistirem palestra de abertura com o professor doutor Marcos Tarciso Masetto.



Durante a abertura do evento a diretora geral da FSA Yara Lira falou sobre a importância do tema e ressaltou o compromisso da instituição em proporcionar aos seus docentes a possibilidade de contato com as novas tecnologias. “A Faculdade Santo Agostinho tem feito um amplo investimento na formação continuada para seus docentes e demais colaboradores como forma de garantir mais conhecimentos tecnológicos e midiáticos. As tecnologias estão à disposição de todos e cada vez mais as pessoas se apropriam delas, o que propicia grandes oportunidades para os educadores. Não há dúvida de que essas tecnologias auxiliam nos processos de ensino-aprendizagem, mas é evidente que a tecnologia, sozinha, não resolve o problema da qualidade da Educação”, disse a diretora.





A diretora de ensino da FSA Antonieta Lira ainda completou falando o papel da instituição em oferecer ensino de qualidade. “O que assegura nosso papel nesta sociedade cada vez mais dinâmica e exigente, é dar acesso a um ensino de qualidade para todos, mas atendendo às especificidades de cada um. Esse é o nosso desafio, porque essas adequações exigem uma nova atitude pessoal e institucional, seja valorizando as competências pedagógicas e relacionais, como também as competências científicas”, disse Antonieta.





O palestrante convidado, Marcos Tarciso, é Doutor em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1981) e atualmente é professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, possuindo ampla produção científica. São 16 livros escritos e 26 capítulos de livros, 50 Trabalhos em Anais de Congressos Nacionais e Internacionais publicados na integra e participação em 116 Eventos Nacionais e Internacionais.





Durante a sua fala o professor comentou que os professores do século XXI têm contato com alunos de uma geração tecnológica . “É importante que tenhamos um interesse muito grande em realizar uma docência que seja coerente com essa nova situação do século XXI. Acontece que um dos problemas que nos temos dificuldades em botar o pé no chão na hora de preparar uma aula parta esse novo tipo de aluno tecnológico”, comentou o professor.



Ainda durante a sua fala o professor afirmou que é importante, mais do que transmitir, é importante construir o conhecimento junto ao aluno.


 
LEIA MAIS