Tamanho da letra A+ A-
 

Comissão Própria de Avaliação da FSA se reúne com líderes de turmas




A Comissão Própria de Avaliação (CPA) fez uma série de reuniões com representantes de turmas dos cursos de graduação da Faculdade Santo Agostinho, processo esse considerado de grande relevância para o crescimento de uma Instituição de Ensino Superior – IES. Os resultados dessas reuniões com os alunos servem de base para o planejamento estratégico, o que proporciona mudanças na IES que precisa garantir um Padrão de Qualidade e para assegurar essa qualidade, necessita de avaliações de forma sistemática envolvendo os processos de ensino, pesquisa e extensão, segmentos técnico-administrativos, corpo docente e discente. No mês de maio, ocorreram várias reuniões com os representantes de turmas dos turnos manhã, tarde e noite.



Conforme a presidente da CPA da FSA, profa. Ma. Mônica Fialho, o Programa de Avaliação da FSA, implantado em 2001, vem desenvolvendo de forma contínua atividades voltadas para o aperfeiçoamento acadêmico, além de constituir-se como uma ferramenta para subsidiar o planejamento da gestão. A Avaliação Institucional da FSA é um processo desenvolvido pela Comunidade Acadêmica e conta com a participação da Comissão de Avaliação- CPA, em consonância com a Lei 10.861/2004 do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior- SINAES, e tem o propósito de promover a qualidade da oferta educacional em todos os Eixos das Dimensões, retrata o compromisso institucional com o autoconhecimento e sua relação com a qualidade dos serviços prestados à sociedade. Nesta perspectiva a auto-avaliação da FSA terá como princípios básicos a análise da evolução de sua identidade, o aprimoramento da qualidade expressa em seus projetos estratégicos, como o Plano de Desenvolvimento Institucional, o Projeto Pedagógico Institucional e os Projetos dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação. “A avaliação interna integrará o processo didático-pedagógico relacionado ao desenvolvimento da instituição, que inclui as atividades de ensino, pesquisa, extensão, gestão, corpo social e infra-estrutura e logística envolvendo todos os seus aspectos”, diz Mônica Fialho.


 
LEIA MAIS