Tamanho da letra A+ A-
 

Alunos do UNIFSA são selecionados para Programa de Mestrado na UFPI


Os alunos do Centro Universitário Santo Agostinho (UNIFSA), Ruy Gabriel Costa Sousa, Carolina Alves, Danielly Silva de Melo e Gabriel Martins de Barros foram selecionados para o Programa de Pós-graduação em Farmacologia da Universidade Federal do Piauí (UFPI), nível mestrado, biênio 2019-2021.  Em comum, além da aprovação no mesmo Programa de Mestrado, eles têm a participação no Programa de Iniciação Científica (PIBIC/PIVIC) do UNIFSA e são unânimes em afirmar que o desenvolvimento de pesquisas, ainda na graduação, contribuiu decisivamente para essa conquista.



Ruy Sousa e Carolina Alves estão no último período de Farmácia e foram orientados pelo professor Dr. Joubert Aires de Sousa. “O processo de seleção envolve muitas etapas e para todas foi muito importante o que aprendemos, tanto no curso, na disciplina de Farmacologia, quanto no grupo de pesquisa formado pelo professor Joubert, ele nos orientou e deu todo o suporte para que conseguíssemos”, explica o estudante. Carolina complementa que para a entrevista foi muito bom ter tido experiências de apresentação de trabalho em congressos, simpósios e nas apresentações de relatórios no Núcleo de Iniciação à Pesquisa (NIP) do UNIFSA. “Nós aprendemos a defender nossos trabalhos e a explicar o porquê de estudar os temas que escolhemos”, diz.





Carolina Alves pesquisará a possível atividade do extrato etanólico das folhas de melissa officinalis na motilidade e secreção do trato gastrointestinal de mus muscullus – pesquisa iniciada ainda como estudante da graduação. Ruy Sousa estudará a da atividade do extrato etanólico das cascas do caule de hymenaea courbaril l (jatobá) na motilidade e secração gastrointetinal em roedores, o que ele já vinha pesquisando durante a graduação “Mudei o extrato vegetal, mas continuo com a pesquisa aplicada à roedores”.



Danielly Silva é egressa do curso de Farmácia do UNIFSA e atua na área, trabalhando em Farmácia e Hospital. Mesmo com a correria profissional, encontrou tempo para se dedicar à seleção: “Não estava achando que conseguiria, mas quis tentar pela experiência. Tive pouco tempo de estudo, mas foram valiosas horas que passei na Biblioteca do UNIFSA estudando o material indicado pelos meus ex-professores, principalmente a professora Luiza Marly, que foi minha orientadora. Para a seleção, um diferencial foi o currículo, tiveram os pontos da participação em projetos de pesquisa, além disso, sempre busquei participar de várias atividades científicas, não perdia um Congresso em Ciências Farmacêuticas”, afirma. No mestrado, Danielly Silva entrou com o projeto de pesquisa sobre o potencial anti-hipercolesterolêmico, do extrato etanólico das folhas de plantago ovata através de modelos clássicos de dislipidemia.



Já Gabriel Martins, também egresso do UNIFSA, mas do curso de Fisioterapia, além da aprovação no Mestrado em Farmacologia, também foi aprovado para o Mestrado em Ciências da Saúde. Gabriel participou de vários projetos de pesquisa durante a graduação, o que lhe forneceu respaldo para adentrar duas áreas distintas nas seleções. “Fiz dois projetos porque são dois temas que tenho interesse em estudar, mas vou ter que escolher apenas um. Agradeço toda a instituição pelo apoio e ferramentas oferecidas para formação, em especial ao NIP/UNIFSA por toda contribuição com as publicações”.



Para o Mestrado em Ciências Farmacêuticas, Gabriel levou o projeto de pesquisa “Análise do efeito de folhas de jacaranda decurrens subsp symmetrifoliolata no processo inflamatório e reparo tendão em ratos” e para o Mestrado em Farmacologia: “Análise do efeito gastroprotetor das flores do hibiscos syrius linn na úlcera gástrica de ratos induzida por ácido acético”.


 
LEIA MAIS