Compartilhe:
Tamanho da letra A+ A-
 

Você pode fazer a diferença – Campanha CPA


Os alunos de todos os cursos da Faculdade Santo Agostinho participam, até o mês de dezembro, do processo de avaliação institucional, coordenado pela CPA – Comissão Própria de Avaliação.



A avaliação segue os padrões estabelecidos pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que analisa as instituições, os cursos e o desempenho dos estudantes. O processo de avaliação leva em consideração aspectos como ensino, pesquisa, extensão, responsabilidade social, gestão da instituição e corpo docente. A partir dessas informações, a instituição poderá identificar possíveis problemas e planejar soluções, a fim de estabelecer novas metas para sua atuação no ensino superior e para embasar novas políticas educacionais.



O Programa de Avaliação Institucional da Faculdade Santo Agostinho -FSA é um instrumento voltado para analisar seu desempenho junto a comunidade acadêmica e a sociedade teresinense cuja finalidade é elevar a consciência dos problemas, potencializar os sentidos dos resultados e projetar novas possibilidades de construção para a emancipação intelectual, política e social a partir da sua auto-avaliação.



Neste contexto, a avaliação institucional deixou de ser atividade opcional para transformar-se em componente intrínseco e necessariamente rotineiro em todas as instâncias da Faculdade Santo Agostinho. Avaliar seu desempenho tornou-se uma prioridade de gestão institucional. Implantado em 2001, o Programa de Avaliação da FSA vem desenvolvendo de forma contínua atividades voltadas para o aperfeiçoamento acadêmico, além de constituir-se uma ferramenta para subsidiar o planejamento da gestão em prol do desenvolvimento do ensino de graduação sem perder de vista as outras dimensões como a pesquisa e a extensão que se encontram em fase de implementação tendo em vista que a FSA tem apenas seis anos de existência.



Nesta perspectiva a auto-avaliação da FSA terá como princípios básicos a análise da evolução de sua identidade, o aprimoramento da qualidade expressa em seus projetos estratégicos: Plano de Desenvolvimento Institucional, Projeto Pedagógico Institucional e os Projetos dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação. A avaliação interna integrará o processo didático-pedagógico relacionado ao desenvolvimento da instituição, que inclui as atividades de ensino, pesquisa, extensão, gestão, corpo social e infra-estrutura e logística envolvendo todos os seus aspectos.



A FSA compreende que, o processo de auto-avaliação é um instrumento facilitador para a confrontação crítica das práticas institucionais com o projetado nos documentos acadêmicos desta Instituição. Neste sentido, justifica-se a extrema importância do fortalecimento das ações avaliativas no âmbito da FSA. Este olhar avaliativo, também será direcionado para confrontar os papéis desempenhados e os propostos, a partir dos efeitos das ações junto à comunidade acadêmica e a sociedade em geral.



No processamento deste programa de auto-avaliação serão considerados indicadores institucionais que expressem sua grandeza quantitativa em séries históricas, passíveis de comparação e acompanhamento, procurando analisar o conjunto dos segmentos institucionais, do ponto de vista quantitativo e qualitativo, por tanto, a avaliação institucional será de responsabilidade de toda a comunidade acadêmica e conduzida pela Comissão Própria de Avaliação.



Nas relações com a sociedade, a auto-avaliação buscará o significado das ações da FSA, em relação ao segmento social com o qual se relaciona ou o papel que exerce como promotora do desenvolvimento sócio-econômico, tecnológico, artístico e cultural para avançar na construção do conhecimento e na transformação da sociedade piauiense.


 
LEIA MAIS