Tamanho da letra A+ A-
 

Abertura do XVIII Encontro Pedagógico discute a prática docente e a construção de saberes na FSA


fsa 4



Na noite desta segunda-feira, 27 de junho, o Núcleo de Apoio Pedagógico da Faculdade Santo Agostinho promoveu a abertura do XVIII Encontro Pedagógico, que reuniu professores de todos os cursos de graduação da instituição e que, nesta edição, tem como tema “A formação continuada na perspectiva da gestão e da prática docente em sala de aula”.



fsa 3



Durante a abertura, que contou com a presença da Diretora Geral da FSA, professora Yara Lira, além da Diretora de Ensino, Antonieta Lira e da coordenadora do NUAPE, professora Vilani Monteiro, foi ressaltada a importância da realização do encontro que objetiva a reflexão e ressignificação da gestão em sala de aula. “Esse é um dos mais importantes eventos de nossa instituição. É quando discutimos os dilemas e as alternativas para nosso trabalho na Educação em nível Superior em Teresina. Nesse sentido, este encontro tornou-se o locus privilegiado – não apenas da formação docente – mas, sobretudo, da produção de saberes.”, disse a diretora Yara Lira.



fsa 1



A diretora de ensino Antonieta Lira, destacou a atuação dos docentes na conscientização dos alunos sobre a importância de exames como o Enade, cujo processo de esclarecimento deve ocorrer de modo ininterrupto. Logo após a solenidade de abertura, a presidente da Comissão Própria de Avaliação, professora Ma. Mônica Fialho, falou aos professores sobre os instrumentos de avaliação internos e externos da instituição.



fsa 2



A discussão da noite ocorreu através da mesa acadêmica “As condições objetivas da prática docente na construção dos saberes na FSA”, sendo coordenada pela professora Ma. Francisca Carla Pereira. “Durante esse encontro nós reforçamos a habilidade convincente de educar, considerando que o primeiro momento que deve ser observado é a missão da faculdade, considerando que ser docente é uma arte que implica necessariamente a explicação para si mesmo de valores, fundamentos filosóficos e pedagógicos da educação que vão alinhar o proceder do docente na direção desejada que é a ação formativa de um indivíduo que tenha consciência crítica”, disse a professora.



fsa 5



A mesa foi divida em dois momentos. A primeira parte foi conduzida pelo psicólogo e professor da FSA, Carlos Eduardo Leal, que falou sobre “As condições objetivas da prática docente: a gestão em sala de aula”. O professor ressaltou que para pensar a gestão em sala de aula é preciso ter em mente algumas categorias teóricas que nos ajudam a compreender essa gestão. A professora Eldelita Águida, coordenadora do curso de Engenharia de Produção, ministrou a palestra “As condições objetivas da prática docente para a formação do perfil do egresso”. Segundo a professora, para que a instituição possa formar profissionais competentes, é preciso entender a atual dinâmica da sociedade atual: “Não podemos achar que vamos lidar com teorias e concepções que existiram anos atrás. Nós temos que pensar para que, para quem e que profissionais estamos colocando no mercado de trabalho”, disse.



fsa 6



Após as palestras, os professores participaram de um coquetel no espaço H. Dobal. A programação do Encontro Pedagógico continua até quinta-feira, 30, com a realização de oficinas específicas para cada curso da FSA.


 
LEIA MAIS